Cia

Arte

Móvel

Receba nossa newsletter
  • White Facebook Icon
  • White Youtube Icon
  • White Instagram Icon
Produção

Lays Ramires

(19) 99263-7088 / 99955-3099
contato@ciaartemovel.com.br

Cia Arte-Móvel

A Cia Arte-Móvel nasceu em 2009 na cidade de Americana/SP e migrou para Santa Bárbara d’Oeste em 2017, sempre com o intuito de aprofundar-se num teatro que ultrapassasse o campo do entretenimento para ganhar a reflexão.
Especializou-se na mescla de linguagens entre o teatro de animação e objetos e o corpo expressivo. Com 4 espetáculos no repertório, a Cia deu mais um passo a fim de potencializar seu teatro transformador, estando em montagem de “O Casulo”, uma investigação sobre a morte para crianças de 6 a 10 anos.

Acompanhe por ano

Histórico de Montagens

 

“Os Fabulantes” 

Direção: Otávio Delaneza

(colagens de fábulas)

Espetáculo musicado de contação de histórias que utiliza técnicas de teatro de animação e bonecos, tendo realizado ações como: temporadas em parceria com secretarias de Educação, abertura do 8°Festar, semana da Criança da INFRAERO, Virada Cultural Paulista 2010 e 2012, Americana Mostra 2010 e 2011, Mapa Cultural Paulista, Mostra NaLona de Teatro, MS em Cena (Três Lagoas), Aniversário de 192 anos de Santa Bárbara d’Oeste, Mostra Cena Bárbara, Mostras de Repertório da cia, entre outras. “Os Fabulantes” integrou a programação de diversos espaços e instituições como, SESCs Catanduva, Ribeirão Preto, São Carlos e Presidente Prudente, do Centro de Tradições Nordestinas (São Paulo), CEU das Artes e alguns SESIs, como: Mogi Guaçu, Piracicaba, Itu, Indaiatuba, Araraquara, São Caetano do Sul, Araras e Americana. O espetáculo realizou também circuitos através do projeto “Aguar Histórias” aprovado pelo ProAC nos anos de 2016 e 2017, repetindo-se em 2019.

 

“Menino de Cor”

Direção: Otávio Delaneza


Espetáculo que retrata de forma leve e divertida os questionamentos em relação a diversidade. O trabalho foi estreado no SESC Catanduva e atualmente realiza projetos de conscientização em parceria com Secretarias de Educação da Região Metropolitana de Campinas, tendo integrado também a Programação dos SESIs Itapetininga e Americana, SESC Ribeirão Preto e Mostra de Teatro Infantil do Fábrica das Artes. ”Menino de Cor” circulará em 2019 através do PROAC..

 

“Pinocchio – Olhos de Madeira”

Texto e direção: Rafael Curci

(livre adaptação da obra de Carlo Collodi) 

 
Espetáculo patrocinado pelo Fundo Municipal de Cultura de Americana/SP, viabilizando a contratação do mestre em formas animadas, Rafael Curci para assinar a parte artística do trabalho, além de desenvolver junto ao grupo um processo de estudo desta vertente teatral, que com experiências no Brasil e países como: Brasil, Israel, Coréia, Finlândia, Polônia, Espanha, Estados Unidos, Canadá, Colômbia, Venezuela e México, pôde ferramentalizar a companhia nesta linguagem. Pinocchio rapidamente encantou um grande público, participando de diversos festivais/mostras, como 34°Fetel – Lages/SC, 27° Festivale – São José dos Campos/SP, 8° Festival Nacional de Teatro de Limeira/SP (3° Melhor Espetáculo para crianças, melhores cenografia e iluminação), 1º Festival de Teatro de Bonecos de Paranavaí/PR (Melhor Direção), 2º ENCUT – Taubaté/SP (Ator revelação e indicações à Figurino e Cenografia), XXXVI FESTE –Pindamonhangaba, 6ª Mostra Internacional de Teatro Infantil de Cuiabá, Festival de Teatro para Crianças de Recife/PE e Festival de Teatro Infantil de São João Del Rei/MG, entre outras mostras.

O espetáculo integrou ainda a programação de diversos eventos e instituições, como: SESCs Ribeirão Preto, Catanduva, Presidente Prudente e Piracicaba, dos SESIs Rio Claro 2014 e 2015, Piracicaba, Araraquara, Itapetininga e Mogi das Cruzes/SP, além de realizar temporadas, integrar a programação da Mostra Na Lona e as mostras de repertório da Companhia Arte-Móvel e da Cia Rafael Curci de Formas Animadas. Em 2018 o espetáculo foi contemplado pelo Edital de Circulação de Espetáculos do SESI.

 

“N”

Texto e direção: Otávio Delaneza

(Livre inspiração na obra “O Diário de Anne Frank)

 

Espetáculo que busca, mesclando linguagens da interpretação, do corpo expressivo, teatro de animação, bonecos e objetos, resgatar a esperança na humanidade. O espetáculo teve sua estreia em fevereiro, participou da Virada Cultural Paulista, do Festival Nacional de Teatro de Anápolis/GO e em agosto fez breve temporada em sua cidade sede. “N” participou do 2ºFELT (Festival da Escola Livre de Santo André/SP), do ENCONTRARTE (Nova Iguaçu/RJ), circulou pelo Sesi Viagem Teatral, além de ter sido contemplado no edital de Circulação de Espetáculos ProAC 02/2017, cuja circulação encerrou-se no segundo semestre de 2018, dando margem à novos projetos de temporada.


A Companhia atualmente busca sua especialização no teatro de formas animadas e nos elementos do corpo expressivo, além de estar em execução da terceira edição de seu projeto intitulado “Aguar Histórias” e do projeto de circulação “Menino de Cor”, ambos aprovados pelo Proac, estando também em sala de trabalho para a montagem de seu 5º espetáculo de repertório, aprovado pelo Proac – para produção de espetáculo inédito, trazendo o tema
“morte” para as crianças.

 

“Casulo”

Direção: Otávio Delaneza

(investigação poética sobre a morte para crianças)


Espetáculo que propõe ao público uma grande reflexão sobre os ciclos da vida e a finitude das coisas. Realizado através do PROAC, com importantes parcerias, como o treinamento em teatro de animação por Márcio Pontes e a narrativa do espetáculo por Uyara Torrente (vocalista da “A Banda Mais Bonita da Cidade), o trabalho estreado em junho finaliza sua temporada de estreia tendo  passado pelo Teatro Municipal Manoel Lyra (Santa Bárbara D’Oeste), Teatro Fábrica das Artes (Americana), além de integrar a programação do Super Férias nos SESIs Campinas, São José dos Campos, Piracicaba e Rio Claro.

Histórico da Companhia

A Cia Arte-Móvel de Teatro nasceu no ano de 2009, objetivando ultrapassar a linha do teatro como mero  entretenimento, para ganhar o campo da reflexão na arte feita para crianças. Desta forma, embasa sua pesquisa no lúdico e em elementos que dialogam de forma clara e objetiva com o universo infantil. Dentro deste campo de
trabalho, conta com três espetáculos em seu repertório: “Os Fabulantes”, “Menino de Cor” e “Pinocchio – Olhos de Madeira”, espetáculo que proporcionou ao grupo um mergulho mais profundo no mundo das formas animadas.

 

Ampliando horizontes na investigação de teatro de animação e objetos, unidos a potencialidade do corpo expressivo, a companhia estreou “N”, seu 4° espetáculo de repertório, porém, o primeiro direcionado ao público adulto. Este foi o fruto de um desejo da companhia em alçar novos vôos sem abandonar a linha de pesquisa que
permeia o sonho e a imaginação, provocando em todos, uma reflexão. O espetáculo circulou pelos SESIs no ano de 2017, através do SESI Viagem Teatral pelo estado de São Paulo através do Proac Editais de circulação de espetáculos adultos.


Totalizando mais de 350 apresentações em sua trajetória, a Cia Arte-Móvel, que completa 10 anos de atividades em 2019, passou por diversos estados brasileiros, destacando-se a Mostra Internacional de Teatro Infantil de Cuiabá, FESTIVALE e ENCUT, Festival de Teatro para Crianças de Pernambuco, MS em CENA, Festival de Teatro Infantil de São João Del Rei/MG, além de marcar presença em diversos SESCs e SESIs pelo país.


Atualmente, a companhia está em sala de trabalho de seu 5º espetáculo, uma investigação sobre a morte para crianças de 06 à 10 anos, intitulada: “O Casulo – Um Olhar Sobre a Morte”, e segue buscando amalgamar as técnicas do corpo expressivo, da interpretação, do movimento, dos bonecos e dos objetos, na potencialidade da cena, além de circular pelo país com seus espetáculos.